sábado, 3 de dezembro de 2016

Frases

*** No ser humano a consciência evolui pelo desprendimento. *** O pensamento analítico fragmenta a realidade, só no Silêncio é que encontramos o poder da síntese.
*** Ao aprendermos lidar com os opostos, toda dualidade da vida será entendida como harmonia em seus fins.
...
*** A fé é a força da própria Alma que realiza quando não há obstáculos racionais.
*** Não há um Eu Superior e um eu inferior numa pessoa, mas a consciência em diferentes graus de um único Eu, movendo-se na Totalidade Universal.
*** A paz é a harmonia entre as operações nossas no mundo da consciência e as operações no mundo da existência.
(Ruy L. Rocha)

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

A Busca Pela Verdade

A mente humana, no seu atual estágio evolutivo, é facilmente influenciável e manipulável por falsos conceitos oriundos de mentes astutas e sagazes, ocorrendo que assim muitos entregam o seu trono interior ao governo alheio.
É preciso estar atento com a subconsciência do ego humano na sua ânsia pelo poder sobre as coisas ou pessoas, porque a maioria são de cristãos ainda não cristificados.
Por isto devo ficar ao lado dos sábios incompreendidos, que preferem dar aos outros o que eles realmente precisam saber, mas não o que eles querem saber, porque o caminho fácil já foi percorrido e isto pode redundar em inércia espiritual.
Evolução e consciência é o mesmo que conhecimento, para cada degrau subido um outro está logo à frente.
É bom lembrar que quem governa o mundo são as ideias, então é fácil concluir, não é o Mestre que te governa, mas a Verdade do Mestre!
(Ruy L. Rocha)

terça-feira, 9 de agosto de 2016

O Poder do Som Sobre a Água

As palavras, bem como os pensamento, carregam em si um significativo poder do som, A VIBRAÇÃO, especialmente as vogais, que ao comporem o alfabeto nos dão a alma da linguagem. Podemos encontrar três chaves em cada letra do alfabeto: Um ritmo, que é dado pelo seu valor numérico; um tom que a diferencia; e uma figura que a formaliza ou geometriza. Então, o som audível ou não audível expressa a vida vibratória em três planos: No espiritual, no mental e no físico - a Alma vibra, provoca ressonância e interage ou configura a matéria.
Se pegarmos dez copo d'agua pura de uma mesma garrafa, e pedirmos a dez pessoas para cada uma delas segurar um copo desta mesma água por cinco minuto, depois olharmos pelo microscópio eletrônico a situação molecular das águas de cada copo, iremos constatar (e já foi constatado) imensas diferenças nas configurações das moléculas das águas de cada copo , ou seja alterações que variam conforme a estado vibratório de cada pessoa. Isto acontece porque o nosso corpo é uma caixa de ressonância cujos efeitos se estendem e afetam tudo o que está próximo, e cada pessoa tem um quantum vibratório que lhe é próprio.
Se alguém lhe der um copo de água ou outro líquido qualquer, tente observar o estado mental e espiritual de tal pessoa, porque as moléculas desta água podem ter se tornados nocivas e lhe causar vários distúrbios somáticos.
Valorize o copo de água em circunstâncias elevadas, pois isto já foi fartamente ensinado por Alziro Zarur, que já sabia que a água é um catalizador de energia ambiental e que funciona como uma excelente interface entre o mundo físico e espiritual.
(Ruy L. Rocha)

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Ninguém Pode Ser Sem Conhecer

O amor é um Princípio Divino que se manifesta como consciência, unindo o Espírito à matéria em seus diversos níveis de expressão. Portanto, o amor é um sentir que sabe, e ninguém pode ser sem saber ou conhecer. A Alma atua na cabeça para conhecer, experimentar e guardar os significados do que aprendeu no átomo crístico do coração, a partícula divina que faz a interface com o psiquismo revelando o que o homem é. Eis porque o homem é aquilo que tem guardado em seu coração. Cada um ama segundo o seu grau de evolução, de consciência, que é o sentimento do conhecimento alcançado. Por esta razão sempre aspiramos pela busca do conhecimento da Verdade, aquilo que é Real, objetivando liberarmos mais consciência, ou seja, sairmos da inconsciência de nós mesmos e dos maus condicionamentos adquiridos. Esta é a meta do amor - o domínio ou a unção deste princípio superior  universal em nós - o campo da harmonia universal.
(Ruy L. Rocha)

sexta-feira, 15 de julho de 2016

O Pequeno Chifre, a Estátua e o Rio Eufrates

Sobre o Pequeno Chifre do Quarto Animal, constante do Capítulo 7 das profecias de Daniel, considero que: o Quarto Animal representa atualmente a ESTRUTURA MATERIALISTA MUNDIAL, um sistema de inversão de valores oriunda da atual condição evolutiva da humanidade, acumulada num ciclo maior de seis mil anos.
Os Dez Chifres na cabeça do Quarto Animal são dez forças ou corporações inteligentes, organizadas, que ao longo do tempo tem colaborado com as suas ideias para sustentar o crescente poder da referida Estrutura Materialista Mundial. Esta parte das profecias sobre os dez chifres aponta para a unificação de dez nações europeias, que em 1979 se concretizou, a CEE (Comunidade Econômica Europeia), e que em 1992 abriu as portas para a incorporação de outras nações, hoje são 27 integrando o bloco. Observem bem que a alma de tudo é a IDEIA de fortalecimento para o domínio através da unificação político-econômico, e principalmente militar, a OTAN.
Conforme as profecias, no meio dos chifres constantes da cabeça do Quarto Animal, nasceu o PEQUENO CHIFRE, o perigoso e terrível Pequeno Chifre, isto é, mais uma poderosa ideia destrutiva e inconsequente de domínio: o MATERIALISMO IDEOLÓGICO CENTRADO NO COMUNISMO, força de princípio ateísta especializada em promover lutas de classes fundamentadas em teorias econômicas.
Com o fortalecimento da unificação europeia, o comunismo tratou de se expandir e se fortalecer cada vez mais. E em decorrência disto despertou também nessa corrida de domínio um outro gigante com o mesmo propósito: a CHINA.
Observe que todos os poderes de domínio materialistas, através dos pequenos ciclos, por força do carma coletivo foram levados em direção a ESTÁTUA do Capítulo 2 de Daniel.

A ESTÁTUA:
- Hoje, a Cabeça de Ouro é os Estados Unidos (a grande besta articuladora dos conflitos),
- Hoje, o Peito de Prata, é a Russia,
- Hoje, o Ventre de Bronze, é a China,
- Hoje, as Pernas de Ferro, é a CEE- Comunidade Europeia,
- Hoje, os Pés de Barro misturado com Ferro, indica uma união de nações europeias(a CEE) e uma união de nações do Oriente Médio(a Liga Árabe-muçulmana). Suas ligações remontam ao passado devido ao carma entre elas estarem ainda ativos. São pelas atividades mais acentuadas e frágeis desses dois blocos é que o carma mundial está sendo segmentado desde os primórdios, e será consolidado com a III Guerra Mundial.
Todavia, para concluirmos a sequencia, temos que ir ao ponto nevrálgico dos eventos que se encontra no Capítulo 16, Versículo 12 do Apocalípse.

A SECA DO RIO EUFRATES:
Secar a água do Rio Eufrates é o mesmo que enfraquecer os poderes das nações ao redor deste rio. O rio Eufrates inicia na Turquia, passa pela Síria e Iraque, e desemboca no mar. Este rio é a coluna espinhal que caracteriza a chave para compreendermos os últimos momentos profetizados para o grande Armagedon.
Secar o rio equivale a enfraquecer a estrutura político-social-militar dos países por onde passa esse rio, com implicações aos países vizinhos do Oriente Médio.
Ao serem liberados os Quatro Anjos atados no Rio Eufrates, executores do carma local, começou há alguns anos com os conflitos no Iraque. Depois chegou até a Síria, estando este país agora num caos sem precedentes. E agora as pressões chegaram também na Turquia, a chave que permite identificar o momento de alto risco para o mundo, considerando o seguinte:
- A Turquia é o único país do Oriente Médio que faz parte da OTAN,
-Tem o maior exército do Oriente Médio,
- Posição geográfica estratégia de interesse militar,
- No passado, lá estavam as Sete Igrejas que INICAM o livro do Apocalípse,
- Neste país fica o monte Ararat onde aportou a Arca de Noé e INCIOU uma nova humanidade,
- Segundo a Bíblia, neste país está o trono de satanás, com referência a Pérgamo.

CONCLUSÃO: Será na Turquia o INÍCIO dos conflitos para ativar a Russia, para que ela cumpra o seu papel nas profecias: OS REIS DO NORTE MARCHANDO EM DIREÇÃO AO ORIENTE MÉDIO JUNTAMENTE COM A CHINA?
Vamos ficar atentos!!!
Quanto a PEDRA todos já sabem, é o Cristianismo do Cristo que irá vencer quando consumir definitivamente todos estes reinos demoníacos.
(Ruy Lima da Rocha)










terça-feira, 28 de junho de 2016

Três Graus de Religiosidade

Numa síntese conceitual creio que a Cristandade pode distinguir três graus de religiosidade atualmente no mundo:

1 - A religiosidade fundamentada no medo;
2 - A religiosidade fundamentada nos sentimentos sociais;
3 - A religiosidade cósmica.

"A primeira é a religião dos primitivos, que veem o Ser Supremo como Juiz Severo que condena e julga, como um Deus que se revela nos aterradores fenômenos da natureza, por meio da fome, da dor, da morte...  Daí nascem tabus e superstições, e a noção de mistério e do mágico. Naturalmente, há muitas nuanças e graus intermediários e uma lenta evolução entre um nível e outro de religiosidade, pois a religiosidade fundamentada no medo não é típica apenas dos povos selvagens, mas encontra-se entre os homens ditos "civilizados", em formas mais ou menos conscientes e evidentes.
A segunda forma de religiosidade revela-se pouco a pouco, quando o homem começa a perceber Deus com um Pai, do qual todos os homens são filhos. Nasce assim, gradativamente, um sentimento social, um início  do sentimento de irmandade, que é o aspecto positivo dessa religiosidade. Por outro lado, um aspecto imaturo revela-se na necessidade de projetar uma figura paterna sobre o ser Superior, que assuma para si todas as dificuldades, responsabilidades e medos. O homem recusa-se a crescer e prefere manter-se infantil, baseando-se em alguma coisa que está fora dele mesmo.
A terceira forma, por fim, a religiosidade cósmica revela a capacidade do homem de conceber uma Entidade Universal, abstrata, despojada do aspecto antropomórfico, mas nem por isso menos real e próxima. Aliás, é justamente quando o homem se liberta das suas projeções, dos seus medos, de sua imaturidade, que reduzem Deus, e começa a intuir a essência universal, absoluta e cósmica desta Realidade, que pode perceber a presença da Divindade dentro de si mesmo. É o momento da verdadeira religiosidade, do brotar do autêntico sentimento religioso inato no homem que, fundamenta-se na unidade de essência da Alma humana e da Divindade."
Por esta ultima razão é que veio vigorar neste final de ciclo a Religião do Novo Mandamento do Chefe Planetário Jesus, uma verdadeira ponte de sintonia entre a consciência individual com a Consciência Universal, para a regeneração total da humanidade neste novo milênio. (Ruy)

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Sectarismo + Fanatismo

O sectarismo obstinado tem graduações e pode gerar o míope fanatismo, obstruindo assim as faculdades perceptivas mais elevadas da Alma, e a resposta disto é ficar presos ao conhecido e até mesmo ao superado. Exercite a sua capacidade de discernimento e não feche as portas da mente para as evidentes e progressivas Verdades Divinas, pois é bom saber que estamos no caminho, e que o nosso grau de consciência não é o padrão universal.
Ruy Lima da Rocha

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Participando da Unificação

Através da genialidade de Alziro Zarur, a voz que ainda clama no deserto da natureza humana, foi possível anelarmos aos princípios da Quarta Revelação que deu os primeiros passos no processo de unificação global das consciências, para qual a Lei de Atração nos leva silenciosamente. Todos os Legionários, co-participantes deste processo, devem estabelecer relações de propagação desta grande Ideia em favor da humanidade, cuja meta maior é recriar uma totalidade harmônica, uma composição universal em que todas as unidades individuais tenham o seu lugar e a sua expressão num Campo Neutro, o do Amor Universal, uma coexistência de elevado padrão, onde a base orgânica está na consciência de que nenhuma parte é mais importante e fundamental que as outras, mas complementares.
(Ruy L. Rocha)

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Harmonia Mental

Não há nada no homem que não seja de natureza divina ou não tenha o seu justo lugar em sua natureza. No entanto, por não ter consciência de si mesmo, vive mecanicamente, cria para si um falso e ilusório ego, arrasta-se em seus desejos e impulsos, usando de forma distorcida e limitada as energias de seus veículos interiores. Ajustar essas energias e sublimá-las na direção correta pode ser feita através da meditação, uma forma adequada de se unir ao centro da consciência e se reencontrar. 
Quando a mente é simples, desapegada e silenciosa, todas as coisas passam a existir em harmonia, e assim pode perceber a verdade sutil.
Ruy L. Rocha

Interiorizar-se

Silenciar a mente, ficar imóvel, estar vazio de sentimentos e necessidades, ir além dos sentidos. Imagine que sua mente seja o oceano: os pensamentos e sentimentos são ondas que agitam as águas. Se você apenas observa essas ondas, sem se deixar envolver pela tristeza ou alegria, pela ansiedade ou pela raiva, por nenhuma emoção que surja das profundezas desse oceano, as águas se acalmam. As ondas vão diminuindo de tamanho e frequência, o mar vai sossegando.
No momento que a mente se aquieta, deslizamos para o campo da pura potencialidade, o reino das possibilidades infinitas, resgatando nossa perfeição, que no barulho do cotidiano fica perdida dentro de nós mesmos. Só o silêncio da meditação pode nos levar de volta à nossa real natureza espiritual. Doença, medo, ansiedade, insatisfação, solidão - tudo isso é saudade da nossa real natureza interior.
Para aqueles que buscam entender a verdade, especialmente àquelas contidas na Quarta Revelação, devem entender que isto é o passo fundamental em direção à união com o divino que existe dentro de cada um. Por isso é tão necessário uma atitude de introspecção, que a cada dia torne mais profundo o mergulho interior. É calar os excessos da mente para ouvir a alma. É integrar corpo, mente e espírito.
Ruy Lima da Rocha

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

O Eu ilumina o ego

Quando temos a consciência do momento outorgada pela Verdade, temos a chave para evitar todas as más consequências. Sim, porque o ego obscurece o Eu, mas o Eu desperto ilumina o ego, a escura ignorância.
(Ruy Lima da Rocha)

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

O Observador e o Relativo

O feio pode ser o bonito e o bonito pode ser o feio. Os aspectos da forma são relativos ao observador, que conceitua e estabelece padrões transitórios. O que vemos é real, mas a interpretação do que vemos não é real, são apenas projeções na nossa tela mental de conceitos formais memorizados. Quando você vê uma pessoa e acha ela bonita, é conceito. Na verdade ela é tão bonita quanto um camaleão. Ao selecionarmos e acumularmos padrões mentais, fazemos deles como se fossem coisas determinantes para os nossos julgamentos. 
Devemos apurar o nosso foco mental e procurar ver a transcendência da beleza em toda criação, e nisto está o desenvolvimento da unidade da consciência, que chegará a sentir que, na verdade, a essência da beleza é a Luz.
(Ruy Lima da Rocha)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Apocalípse sempre atual

Afirmava Alziro Zarur que o Apocalipse é o maior livro que trata do compasso evolutivo da humanidade. Portanto, vai abaixo nossa atual observação sobre os versículos 1 e 2 do capítulo 13 do referido Livro:

A BESTA QUE EMERGE DO MAR:

1 - "E VI LEVANTAR-SE DO MAR UMA BESTA QUE TINHA SETE CABEÇAS E DEZ CHIFRES E, SOBRE AS SUAS CABEÇAS, NOMES DE BLASFÊMIAS".
--- Levantou-se, ressurgiu-se no final do ciclo, no meio da agitação ou inquietação humana mundial (mar), um sistema anti-crístico dominante (materialismo), com muita astúcia e inteligente criatividade (sete cabeças) inclinadas ao mal, com poderes constituídos unificados e força social (dez chifres), e cujas inteligencias (cabeças) ostentam ensinamentos e falsas idéias de domínio (blasfêmias), contrários aos princípios superiores do Evangelho do Cristo.

2  - "E ESTA BESTA QUE EU VI ERA SEMELHANTE A UM LEOPARDO, SEUS PÉS ERAM COMO PÉS DE URSO, SUA BOCA, COMO BOCA DE LEÃO. E O DRAGÃO DEU A SUA FORÇA E O SEU GRANDE PODER".
--- O sistema mundial anti-crístico interage com o mundo de forma camuflada e disfarçada (leopardo), mas sua atuação é impiedosa e brutal (urso), sua boca, sua forma de expressar e dominar é com autoridade e supremacia (leão). E o dragão (poderes espirituais invisíveis do mal), conectados aos seus servidores no plano material, inspiram todos ao materialismo e a todas as formas de inversão de valores.
(Ruy Lima da Rocha)

domingo, 22 de novembro de 2015

A Marca da Besta

A marca da Besta ou simbólico 666 é a sincronia vibratória do indivíduo ou de uma coletividade organizada com tudo aquilo que é contrário aos princípios de unificação espiritual tão exigido pelo momento cíclico de renovação.
É o pensar (testa) e o agir (mãos) resultante do ego humano inclinado ao materialismo das coisas efêmeras, também reflexo da desproporção psíquica dominante, sempre valorizando e exponenciando aquilo que não tem valor de evolução. Tanto o 666 como o anti-cristo são a mesma coisa, representam forças conscientes e inconscientes operantes causadoras de sofrimentos sociais.
Uma das atitudes personalísticas e ardilosas da Besta é a falsidade, é aparentar ser, mas que na verdade não é. É a ânsia pelo poder e pela glória transitórios deste mundo, mesmo que contrariando as Leis Divinas Universais. O Mestre alertou: Eu vim a este mundo em nome do meu Pai (do Amor e da Verdade) e vós não me recebeis, um outro virá em seu próprio nome ( do materialismo mundial dominante) e vós o recebeis. É nossa a escolha!
(Ruy Lima da Rocha)

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Ciência e Renovação

Cada vez mais a ciência aproxima-se dos aspectos sutis da natureza, formando novos conceitos dos seus níveis fundamentais. É provável que as próximas gerações sejam tão familiarizadas com esses novos conceitos que não pensará mais em "quantidade", mas pensará em "energia". E irá mais longe ainda, descobrirá que a energia é um modo de movimento do Criador, que ao ser assimilada por qualquer forma de vida, transforma-se gradativamente em consciência, que é conhecimento.
Por esta razão completamos a fórmula de Einstein: E = Mc2 = conhecimento = Consciência, ou seja, toda energia contém informação codificada, que através de Leis Universais realiza. Então, a nova equação do futuro será MATÉRIA-ENERGIA-LEI, equivalendo inversamente a ESPÍRITO-CONSCIÊNCIA-FORMA.
Tão simples, mais empiricamente meio distante.
(Ruy Lima da Rocha)

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Potências Criadoras

Devemos ter consciência de que as palavras, aliadas ao pensamento, são potências criadoras internas e externas. Expressamos verbalmente em excesso, mecanicamente, de forma ansiosa e desarticulada, caracterizando uma personalidade distante da ordem natural da vida. Com este comportamento, além de perdermos energias, interferimos desastrosamente nos mecanismos atômico-molecular do corpo-templo, por efeito de ressonância. Devemos valorizar o silêncio, não só verbal, mas também emocional e mental, só assim iremos partilhar dos efeitos vibratórios da natureza Divina.
(Ruy Lima da Rocha)

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Para Meditar no Silêncio


Na polaridade universal Espírito-matéria, a Consciência é a inter-relação que perfaz a inseparável Tríade criadora, memorizando as experiências de cada um nos ciclos reencarnatórios, cujo centro se encontra no coração, consciência esta que é o Cristo em nós, em maior ou menor grau de evolução.
Entretanto, o ego ou personalidade é o reflexo do próprio Espírito encarnado cujo nível de consciência ainda não foi expandida pela energia da Verdade, ainda não aprendeu a dominar ou sublimar os princípios naturais básicos da sustentação material, e assim, preso a este primitivismo interno sempre procura eclipsar a razão, ignorando sobre si a ordem de regularidade das Leis Divinas, acontecendo que muitas vezes acaba sentando no trono do coração o anti-cristo, a consciência que sabe mas erra. O Cristo e o anti-cristo é primeiramente uma luta interna!
(Ruy Lima da Rocha)

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Sobre a Fé

A fé é uma força da própria Alma que busca efetivar algo desejado, contanto que não hajam obstáculos mentais e não contrarie proporções cármicas.
Mas é oportuno distinguir os seguintes:
FÉ CEGA: 
É aquela força interior que acredita nas possibilidades Divinas, porém, desconhece os fatores que envolvem os fenômenos e suas causas. Mesmo fazendo jus aos efeitos dessa força, o indivíduo continua ignorante, passivo, permanecendo sem condições de superar os limites da sua consciência.
FÉ RACIOCINANTE:
É aquela força que em si acredita e conhece os aspectos, as possibilidades e as consequências inerentes as Leis Divinas operantes. Este nível de força da Alma permite não só alcançar o que é possível mas também conhecer os princípios da Verdade que favorecem superar, pelo discernimento, as limitações interiores.
FÉ REALIZANTE:
Esta complementa as anteriores, não só porque acredita e sabe, mas porque está baseada na realização pessoal e nas OBRAS em favor da evolução da humanidade, o que garante que tudo o que se deseja seja específica e proporcionalmente dado por acréscimo, automaticamente. É a certeza co-relacionada com a Justiça Divina - a cada um segundo as suas obras - o que permite maior salto na evolução da consciência, porque reúne Vontade, Amor e Atividade, a Tríade Universal que acrescenta carisma, intuição e supraconsciência, valores que conjuga harmoniosamente ter, saber e SER.
(Ruy Lima da Rocha)

terça-feira, 20 de outubro de 2015

A Geometria do Som

Chamam de geometria sagrada, mas prefiro chamar de Geometria Divina, ou ritmo da Consciência Cósmica na matriz estrutural etérica e simétrica da matéria, no caso do arquétipo humano.
Afirmou Pitágoras que a natureza geometriza, porém gostaria de complementar: através do som. Toda partícula fundamental de energia, em qualquer nível, devido ao seu movimento ou onda radiante, produz fluxo de expansão sob determinado ritmo, o som inaudível. Este ritmo-som é o número agindo materialmente, ou seja, proporções simétricas que cadenciam a criação.
Nossos corpos obedecem aspectos geométricos integralmente, muito bem observado pela Cimática, e isto ocorre em qualquer parte do universo, sempre sob a influência da consciência.
(Ruy Lima da Rocha)

domingo, 18 de outubro de 2015

As Leis e a Consciência

A matéria é regida pela Lei da Polaridade, enquanto a energia é submetida às Leis da Sintonia. Por conseguinte, emoções e pensamentos produzem verdadeiras interações com a energia vital atômica, que quando flui livre assegura a saúde, a vitalidade, e quando bloqueada cria a doença e vários distúrbios
Toda energia mental é causativa, e quando mal aplicada fica memorizada no nosso sutil campo da consciência, e quando menos esperamos tais forças retornam ou emergem da nossa consciência, a fim de recuperar a ordem perante o ponto de equilíbrio exercido pelas Leis Universais.
Ninguém pode burlar as Leis que se encontram na própria consciência: pensou ou fez já está automaticamente registrado. A memória contida na luz astral da natureza, e na qual estamos conectados, é que opera o fluxo e refluxo de retificação e crescimento da vida.
(Ruy Lima da Rocha)

sábado, 17 de outubro de 2015

O Reino do Absoluto em nós.

No eterno e infinito movimento do Absoluto, Nele eu me movimento e Ele me movimenta. Nesta constante interação e cósmica atração, começo a perceber na minha particular densidade a Sua unidade na diversidade.
Nesta visão panorâmica interior, atrevo-me a imaginar como se sentia o Mestre Jesus, no seu sacrifício pela unidade da humanidade, restringindo todo o seu potencial hierárquico para nos dizer que o Reino do Absoluto está também dentro de nós, e que pode ser sentido e vivido através do seu Novo Mandamento.
O vértice desta verdade univérsica já foi plantada em nossos corações, e já está sendo a verdadeira Nova Ordem Mundial do planeta Cristão.
Neste progressivo processo de reintegração da Terra ao Éden do Amor Universal, tornaremos a reencontrar o Paráclito Alziro Zarur, quando então será efetivada a equação de todas as atividades humanas numa só Legião, a Cristantade.
(Ruy Lima da Rocha)

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

A Energia Onipresente

Tudo o que existe no universo irradia alguma forma de energia, e a quantidade de sua radiação é proporcional às suas relações com a energia total ou universal. Assim, quanto mais egoístas e limitados forem os nossos motivos de vida, mais nos colocamos fora da totalidade da vida e, em consequencia menos força vital fluirá através de nós. em suma: A energia onipresente é proporcional aos nossos motivos.
A solução para superação deste tipo de limitação é quando a luz da Alma começa a penetrar nas mentes e a intuição começa a despertar, e assim o que é ilusão, em seus vários aspectos, aos poucos se disolve, diminui, desaparece, para dar lugar à revelação e à compreensão da Realidade. A iniciação para essa grande tarefa interior nós já recebemos do Paráclito Alziro Zarur, cabe a cada um agora remover os obstáculos, normalmente enraizados no nosso subconsciente, o que só a Vontade Boa poderá sanar.
(Ruy Lima da Rocha)

Princípio Universal

O Amor é um princípio universal de atração ou união, a genuína essência da consciência, um modo de movimento do Criador concebido por nós como Lei operante, um poder insondável que impele a vida e a forma, despertando em cada individualidade a potencial faculdade de sentir.
No campo existencial do processo evolutivo, a potência do Amor Universal vem até nós através do Cristo, com o seu Novo Mandamento, tornando-se agora a legislação das Almas já despertas. Síntese da razão vivida pelo Mestre, e que por ser um supremo modêlo e ao mesmo tempo uma ordem, nos arrasta sensívelmente em direção à unidade das coisas e dos seres.
(Ruy Lima da Rocha)

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

O Amor como Princípio

O Amor é um princípio universal de atração ou união, a genuína essência da consciência, um modo de movimento do Criador concebido por nós como Lei operante, um poder insondável que impele a vida e a forma, despertando em cada individualidade a potencial faculdade de sentir.
No campo existencial do processo evolutivo, a potência do Amor Universal vem até nós através do Cristo, com o seu Novo Mandamento, tornando-se agora a legislação das Almas já despertas. Síntese da razão vivida pelo Mestre, e que por ser um supremo modêlo e ao mesmo tempo uma ordem, nos arrasta sensívelmente em direção à unidade das coisas e dos seres.
(Ruy Lima da Rocha)

quinta-feira, 23 de julho de 2015

A Harmonia da Unidade

A harmonia está na arte de viver, e quanto mais dominarmos os cinco elementos, mais unidade iremos acrescentar na consciência, e assim, nos caminhos da terra, os ritmos dos tambores internos segue os ventos das certezas.
Ruy Lima

Fluxo da Criatividade